Sede: 239 790 900 |  CTT: 239 714 181

Latest News

Mirum est notare quam littera gothica, quam nunc putamus parum claram, anteposuerit litterarum formas humanitatis per seacula quarta

Santo António dos Olivais > Blog

HÁ MÚSICA NO JARDIM (NOVAS DATAS)

AVISO

NOVAS DATAS

Em virtude da previsão meteorológica desfavorável para a realização de espectáculos ao ar livre, os concertos previstos para os dias 18 e 19 de Junho no anfiteatro da Quinta de São Jerónimo, no âmbito da 8ª edição do ciclo de concertos “HÁ MÚSICA NO JARDIM”, terão novas datas com o seguinte calendário:

25 DE JUNHO, sexta, 18h30  JP SIMÕES

26 DE JUNHO, sábado, 18h30  CORDIS

ENTRADA LIVRE COM LOTAÇÃO LIMITADA

LEVANTAMENTO OBRIGATÓRIO DE BILHETES NO LOCAL (JUNTO À PISCINA) A PARTIR DAS 17H00

Continue Reading
8ª edição de “HÁ MÚSICA NO JARDIM!”

QUINTA DE SÃO JERÓNIMO ANFITEATRO AO AR LIVRE

ENTRADA LIVRE COM LOTAÇÃO LIMITADA

CONCERTOS ÀS 18H30

LEVANTAMENTO OBRIGATÓRIO DE BILHETES NO LOCAL (JUNTO À PISCINA) A PARTIR DAS 17H00

DIA 11 SEXTA-FEIRA

FOR THE FAB FOUR – Projecto de Patrícia Antunes e Rúben Alves que, através de um olhar novo e arrojado, presta homenagem aos Beatles (The Fab Four), recriando 13 dos seus icónicos temas com arranjos inesperados para piano, sintetizadores e vozes.

“Com tantos concertos, gravações e participações artísticas em que estivemos juntos e a empatia musical que sentimos quando tocamos, repetidas vezes ao longo deste tempo, que fez todo sentido registar num projecto a nossa criatividade. Nada melhor do que invocar a música dos Beatles nesta nossa primeira aparição discográfica. Sentimos muito gozo em preparar esta nossa interpretação da obra musical deixada pelos Fabulosos Quatro.”

Este trabalho está materializado num disco que se pode adquirir na Fnac ou em qualquer plataforma digital.

PATRICIA ANTUNES

É desde Maio de 2005, soprano dos Shout assumindo igualmente a co-responsabilidade de alguns arranjos dos temas interpretados pelo grupo. Cantora profissional (freelancer) tem trabalhado com inúmeros artistas como Áurea, Rui Veloso, Pedro Abrunhosa, André Indiana, Mónica Ferraz, Sara Tavares, André Sardet, entre outros. No seu curriculum conta também com o trabalho com Terence Trent D’Arby, durante 1 ano. Desde 2011 que faz parte do projecto internacional de world music, “Voices”, liderado por Philip Hamilton. Paralelamente, desenvolve vários projectos de performance ao vivo como Patrícias S.A., Tribu (Tributo a Sting e Tributo a Stevie Wonder) e Quarteto Patrícia Antunes, um projecto de cariz jazzístico.

RUBEN ALVES

Músico, pianista e compositor. Completou a sua formação na área do jazz em Barcelona. As suas inúmeras participações, a solo ou com outros artistas nacionais e estrangeiros, não se esgotam em espetáculos musicais, mas atravessam áreas tão diversificadas como o teatro, cinema (documentários e filmes) e televisão (programas, novelas, castings e concursos). Leciona a nível privado e em instituições de ensino, desde a iniciação ao instrumento até aos níveis mais avançados, tendo realizado igualmente diversos workshops. Nas áreas do cinema e da televisão participou com interpretações improvisadas nos ciclos de cinema mudo da cinemateca portuguesa. Foi ainda professor e pianista em programas televisivos.

Acompanhou ao piano diversos cantores como Mariza, Fausto e Carminho. Actualmente toca com Rui Veloso, Cuca roseta e João Gil. Na área do jazz tem desenvolvido trabalho de autor com os seguintes títulos: “Clara Madrugada” (2000) e “Súbito” (2008). Em 2012 lançou “Kolme”, em co-autoria com Carlos Miguel (bateria) e Miguel Amado (contrabaixo), e recentemente, “Kolme II” (2017). Recentemente editou “Lúmen” (2017) um trabalho de revisitação a hinos religiosos; “O Mais Pequeno Espaço Apreciável de Tempo” (2018) e “Manto” (2020).

DIA 12 SÁBADO

COLECTIVO CIRANDA

Conheceram-se no GEFAC – Grupo de Etnografia e Folclore de Coimbra (www.gefac.pt), casa de encontros onde se trabalha para conhecer e dar a conhecer de forma criativa as raízes das tradições portuguesas.

A matéria-prima dos Ciranda é constituída pelas vozes e pelos sons antigos recolhidos por Michel  Giacometti, Fernando Lopes Graça, Ernesto Veiga de Oliveira, José Alberto Sardinha, entre outros etnomusicólogos que percorreram o país de Norte a Sul, continente e ilhas, à procura de salvaguardar uma parte tão valiosa da nossa memória coletiva.

A música dos Ciranda concilia estas velhas melodias, mas intemporais, com sonoridades e referências musicais mais contemporâneas.

Formação: Joana Dourado (voz); Alexandre Barros  (vozes, bandolim, viola braguesa); Vasco Nogueira (vozes , cavaquinho, viola braguesa); João Madeira (vozes, guitarras); Paulo Yoshida (vozes, viola baixo); José Soares (bateria e percussões).

DIA 18 SEXTA-FEIRA (NOVA DATA 25 DE JUNHO)

JP SIMÕES

Cantor, compositor, letrista, contista e dramaturgo, JP Simões edita álbuns desde 1995, com Pop Dell’Arte, Belle Chase Hotel, Quinteto Tati e a solo ou em colaboração com outros compositores. O seu último álbum em nome próprio, Roma, foi editado em 2013 e mereceu uma longa digressão nacional e internacional. E, em finais de 2016, lançou “Tremble Like a Flower”, em nome do seu alter-ego “Bloom”:

“JP Simões reinventa-se, mudando tudo: nome, língua, referências. O produto final é de uma beleza perturbadora que nos causa arrepios.” (Revista Altamont).

Depois da participação no Festival da Canção de 2018 com “Alvoroço”, que venceu o prémio de melhor tema de música popular na Gala Prémio Autores 2019 da Sociedade Portuguesa de Autores, JP Simões voltou para a estrada para apresentar, de norte a sul, um espectáculo com reportório que atravessa diferentes fases e facetas da sua carreira.

DIA 19 SÁBADO (NOVA DATA 26 DE JUNHO)

CORDIS, piano & guitarra portuguesa

(Paulo Figueiredo e Bruno Costa)

O CORDIS nasce em 2005, fruto de um feliz encontro entre o piano de Paulo Figueiredo e a guitarra portuguesa de Bruno Costa.

Depois do primeiro CD editado em 2008 (CORDIS piano & guitarra portuguesa) e de outro lançado em 2011 (CORDIS2) – ambos com versões originais de obras de reconhecidos compositores de guitarra de Coimbra -, o CORDIS resolve editar um Pack Triplo (2013) com um DVD de um concerto filmado ao vivo com diversos convidados e o 1º e 2º CD’s do grupo. Em 2015, chega TERCEIRO, um álbum exclusivamente de originais, acompanhados pelo quarteto de cordas Arabesco. Depois de muitos concertos ao vivo, com a satisfação e orgulho num trabalho ainda mais original, o CORDIS resolve em 2019 dedicar-se à composição e arranjos de um novo disco de originais, na linha do Terceiro, com piano, guitarra portuguesa e quarteto de cordas. É este novo CD, REFLEXO, que Paulo Figueiredo piano – e Bruno Costa guitarra portuguesa – apresentam neste novo concerto.

Reflexo” – Disco ANTENA1 – é, assim, o resultado de 15 anos de experiências e lugares, palcos e pessoas que foram ajudando a dar forma ao que é o CORDIS na actualidade.

www.cordismusic.pt

www.facebook.com/cordispianoeguitarraportuguesa

Continue Reading
Novos horários

A partir de 3 de Maio de 2021.

SECRETARIA, TESOURARIA, AÇÃO SOCIAL

9H30 às 12H30 e das 14H00 às 17H00 de segunda a sexta feira

CENTRO SOCIAL PARTILHA E SABER DR. FAUSTO CORREIA

9H30 às 12H30 e das 14H00 às 17H00 de segunda a sexta feira
CONTATO TELEFÓNICO: 239246069

CTT

9H30 às 12H30 e das 14H00 às 17H00 de segunda a sexta feira

CEMITÉRIO DA FREGUESIA

8H00 às 12H00 e das 14H00 às 17H00 de segunda a sábado

Continue Reading
CENSOS 2021

No dia 19 de abril, inicia-se a resposta aos Censos 2021 pela Internet.

A partir do dia 5 de abril tem início a distribuição das cartas pelos recenseadores nas caixas de correio em todos os alojamentos do território nacional com os códigos necessários à resposta.
A exaustividade da recolha e do tratamento dos dados dos Censos conferem a esta operação estatística, realizada de 10 em 10 anos, um papel único no conhecimento do parque habitacional e da realidade demográfica, social e económica do país, produzindo também informações imprescindíveis para a tomada de decisões de investimento pelos sectores público e privado.
Todos beneficiaremos dos dados estatísticos que o INE disponibilizará à sociedade, incentivando o estudo do presente para planear melhor o futuro.

[Contamos Todos. Contamos com todos.]

É neste contexto que o INE gostaria de apelar à responsabilidade social da ANAFRE-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FREGUESIAS, na garantia de que todos os indivíduos contam neste Censos. Cada um de nós vai fazer parte desta importante operação nacional: respondendo pela Internet até 3 maio e informando colaboradores e os contactos que entender como relevantes para o fazer.
Assim, muito agradecemos a divulgação dos Censos 2021 e a importância da participação de toda a população, através dos vossos canais de comunicação (internos e/ou externos), sugerindo fazer uso do Kit dos materiais de comunicação que pode ser descarregado através deste link: https://censos.ine.pt/xurl/doc/489932804
Caso os materiais enviados não sejam do formato mais adequado para a sua utilização, agradecemos que contacte: info@ine.pt

Tudo faremos para contar consigo!

Nos Censos contamos todos e precisamos que todos nos ajudem a contar.

A resposta aos Censos é fácil, segura e rápida. Responda pela internet:  censos2021.ine.pt
Para mais informação sobre a operação Censos 2021, consulte o site:  censos.ine.pt
O INE agradece o seu apoio.

Continue Reading
INFORMAÇÃO – CEMITÉRIO

INFORMAÇÃO – Fim de semana de 28 a 2 dezembro

Tendo presente o estado de calamidade em que se encontra o Pais, e tentando salvaguardar ao máximo a segurança de todos os utilizadores dos cemitérios de Santo António dos Olivais e Nossa Senhora das Dores, o Executivo da Junta de Freguesia decidiu apresentar as seguintes regras de acesso, e horários, aos cemitérios no período entre 28 de Novembro e 2 de Dezembro 2020:

1 – Uso obrigatório de máscaras ou viseira e de preferência o uso de luvas;

2 – Higienização das mãos à entrada e saída dos cemitérios;

3 – Seguir escrupulosamente as indicações existentes nos Cemitérios;

4 – Horário de funcionamento do Cemitério:

            Dias 28 e 29 de Novembro – Sábado e Domingo – 8.00h às 12.00h

Dia 30 de Novembro – Segunda-feira – Encerrado

            Dia 1 Dezembro – Terça-feira – 8.00h às 12.00h

Estas medidas, ficarão sempre sujeitas a quaisquer orientações superiores que sejam tomadas a nível nacional por quem de direito.

Coimbra, 27 Novembro de 2020

O Executivo da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais   

Continue Reading
INFORMAÇÃO – DIA DE FINADOS

INFORMAÇÃO – DIA DE FINADOS

Tendo presente o estado de calamidade em que se encontra o Pais, e tentando salvaguardar ao máximo a segurança de todos os utilizadores dos cemitérios de Santo António dos Olivais e Nossa Senhora das Dores, o Executivo da Junta de Freguesia decidiu apresentar as seguintes regras de acesso aos cemitérios no período entre 29 de Outubro e 1 de Novembro 2020:

1 – Uso obrigatório de máscaras ou viseira e de preferência o uso de luvas;

2 – Higienização das mãos à entrada e saída dos cemitérios;

3 – Tempo máximo de permanência de 30 minutos;

4 – Seguir escrupulosamente as indicações existentes nos Cemitérios;

5 – Horário de funcionamento:

            Dias 29, 30, 31 e 01 – Quinta a Domingo – 8.00h ás 17.00h

Estas medidas, ficarão sempre sujeitas a quaisquer orientações superiores que sejam tomadas a nível nacional por quem de direito.

Coimbra, 19 Outubro de 2020

O Executivo da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais   

Continue Reading
Situação de contingência, no âmbito da pandemia da doença COVID-19

O Conselho de Ministros no passado dia 11 de setembro, aprovou a resolução que declara a situação de contigência em todo o território nacional continental, no âmbito da pandemia COVID-19, a partir das 00h00 de 15 de setembro de 2020 até às 23h59 de 30 de setembro de 2020. 

Bebidas Alcoólicas

PROIBIÇÃO DE VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS 

  • Em ÁREAS DE SERVIÇO OU EM POSTO DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS;
  • A partir das 20h00, nos estabelecimentos de COMÉRCIO A RETALHO, INCLUINDO SUPERMERCADOS E HIPERMERCADOS;

PROIBIÇÃO DO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

  • Em ESPAÇOS EXTERIORES DOS ESTABELECIMENTOS DE RESTAURAÇÃO E BEBIDAS APÓS AS 20H00, salvo no âmbito do serviço de refeições.

Horário de Funcionamento

ALTERAÇÕES

  • Estabelecimentos comerciais NÃO podem abrir antes das 10h (conforme artº10 da presente Resolução);

MANTÉM-SE

  • Nos estabelecimentos de restauração e similares, a partir das 00:00h não é permitido o acesso ao público para novas admissões e encerram às 01:00h.

Limitação de ocupção

  • CONCENTRAÇÃO MÁXIMAS DE 10 PESSOAS, salvo se pertencentes ao mesmo agregado familiar, na via pública e em estabelecimentos;
  • LIMITE MÁXIMO DE 4 PESSOAS POR GRUPO até às 20h00 nos restaurantes, cafés e pastelarias a 300m das escolas, em dias úteis,salvo se pertencentes ao mesmo agregado familiar;
  • Em ÁREAS DE RESTAURAÇÃO DE CENTROS COMERCIAIS, define-se o mesmo limite máximo de 4 pessoas por grupo.
Continue Reading
7ª edição de “HÁ MÚSICA NO JARDIM!” 11 E 12 DE SETEMBRO DE 2020

HÁ MÚSICA NO JARDIM! conhece a sua sétima edição em 2020, neste mês de Setembro, depois do seu adiamento forçado em Junho, numa versão reduzida e com regras especiais de controle e de segurança impostas pela crise sanitária Covid-19. Como sempre, encontro marcado com a música no magnífico anfiteatro ao ar livre, localizado no jardim da Quinta de S. Jerónimo, em Coimbra. A entrada é livre, com lotação limitada e controlada e levantamento obrigatório de bilhetes (Alma Shopping, balcão de informação). A cultura não pode parar! Faça-nos companhia!

Promotor: Clube Residencial Cidade Jardim

REGRAS DE SEGURANÇA 
As regras de segurança para acesso do público ao “Há Música no Jardim!”, que se realiza no anfiteatro ao ar livre da Quinta de São Jerónimo seguem as recomendações da Direção Geral de Saúde

Receberemos os espectadores com toda a segurança e confiança.

CONDIÇÕES DE ACESSO A BILHETES

Os bilhetes ficam disponíveis para levantamento no Alma Shopping (balcão de informação). 

ACESSO AO RECINTO

A entrada é livre mediante apresentação de bilhete.
A entrada é feita a partir das 20h30 (dia 11) / 17h30 (dia 12) e preferencialmente até 15 minutos antes do início do espectáculo.

Lugares sentados e sinalizados.
Os lugares laterais têm visibilidade reduzida.
O espetáculo não tem intervalo.

O recinto não dispõe de lugar para Coabitantes.

Não é permitida a entrada no recinto após o início do espectáculo.

Para segurança de todos, aconselhamos que apenas se dirija ao local do espetáculo se for portador de bilhete de acesso.

11 SETEMBRO| 21H00

LUÍS PORTUGAL E RUI VILHENA

“POETAS COM VOZ”

LUÍS PORTUGAL

Luís Portugal é convidado a integrar o grupo JAFUMEGA em 1977 e, juntamente com Eugénio, Pedro e Mário Barreiros, José Nogueira e Álvaro Marques, deixa-nos um dos legados musicais mais importantes da música moderna portuguesa.

1992 é o ano do retorno aos discos: “Coisas Simples”, o seu primeiro trabalho a solo, tem produção de Jorge Filipe e Telmo Marques, e colaboração, entre outros, dos Vozes da Rádio.

Depois de uma aturada recolha musical por Trás-os-Montes, surge em 1995 o trabalho “Alta Vai a Lua”, que vem alargar o campo musical onde Luís se movia até então. Em 1998 é convidado pelo guitarrista clássico Paulo Vaz de Carvalho, a dar expressão ao trabalho de Adriano Correia de Oliveira, numa justa homenagem. Luís Portugal continua hoje a interpretar alguns “cantautores de Abril “, com destaque para José Afonso, em produções encomendadas.

“Luís Portugal ao vivo” é o registo em 2000, concebido e gravado em Tondela, no espaço ACERT, no qual, para além de quatro temas originais, o cantor revisita canções intemporais que povoam a sua carreira. Em 2012, Luis Portugal está de volta aos palcos, com banda, e ao mercado discográfico com um novo trabalho, que tem como single de estreia “Perto da Paixão”.

“Poetas com Voz”, espetáculo intimista e abrangente, em que a língua e os poetas portugueses são os convidados, é o projecto que traz ao “Há Música no Jardim!”.

RUI VILHENA

Rui Vilhena é um dos grandes guitarristas portugueses da actualidade e também integrante dos “Vozes da Rádio”, uma das maiores referências da música acapella do nosso país.

12 SETEMBRO| 18H00

ANDRÉ SANTOS E BRUNO SANTOS

“MANO A MANO”

MANO A MANO

O projecto “Mano a Mano” reúne os irmãos madeirenses Bruno Santos (1976) e André Santos (1986). Reconhecidos guitarristas no meio jazzístico português, com um percurso firmado desde há anos, partilham uma parceria a qual já produziu três discos e se apresentou em vários espectáculos, em paralelo com trabalhos a solo ou em projectos colectivos. O primeiro disco de instrumentais foi preenchido maioritariamente com versões; o segundo, editado em 2017, já apresentou alguns temas originais. Já o terceiro, recentemente editado, é quase todo preenchido com originais, assinados por Bruno e por André, exceptuando os temas Noites da Madeira, do pianista e compositor madeirense Tony Amaral (1938-2016) e Stardust, do também pianista e compositor norte-americano Hoagy Carmichael (1899-1981).

“Ainda temos muito por onde andar”, diz André. Bruno acrescenta: “Neste volume fizemos um upgrade para o repertório de originais, mas há outras ideias na calha. E pensar a dois ajuda muito.” (excerto de entrevista ao jornal “Público” Janeiro 2020).

https://www.publico.pt/2020/01/16/video/mano-mano-vivo-auditorio-publico-20200116-162214
Continue Reading