Sede: 239 790 900 |  CTT: 239 714 181

Santo António dos Olivais > Blog > Uncategorized > Mercado de Natal em Coimbra vai duplicar a oferta

Mercado de Natal em Coimbra vai duplicar a oferta

Mercado de Natal em Coimbra vai duplicar a oferta

João Francisco Campos (União de Freguesias de Coimbra) e Francisco Andrade (Freguesia de Santo António dos Olivais)

Coimbra vai ter a segunda edição do Mercado de Natal, de 06 a 22 de Dezembro, na praça de Heróis do Ultramar, este ano duplicando o espaço e o número de expositores, incluindo mais diversões e oferta gastronómica.

A Freguesia de Santo António dos Olivais e a União de Freguesias de Coimbra, através dos respectivos presidentes de Junta, Francisco Andrade e João Francisco Campos, renovaram o protocolo e assinaram-no, hoje, na apresentação da iniciativa.

Feito o balanço da edição de estreia, em 2018, que permitiu tirar ilações quanto ao que correu menos bem, vem aí o Mercado de Natal de 2019 “com um nível superior e que não envergonhará Coimbra, as suas freguesias e no patamar do que de melhor se faz no país”, referiu Francisco Andrade.

João Francisco Campos destaca “outra dinâmica” e uma “melhor adaptação do figurino” do Mercado de Natal, agradecendo à Câmara Municipal ter este ano disponibilizado todo o espaço da praça que fica ao lado do pavilhão multidesportos e das piscinas.

O autarca destacou ainda, o facto de já haver 100 inscritos e ainda decorrer o período de adesão por parte dos expositores, até 15 de Novembro, nos sítios da Internet da Freguesia dos Olivais e da União de Freguesias de Coimbra.

O próximo Mercado de Natal irá ter 40 pavilhões em madeira (o ano passado foram 20), 22 espaços para a designada “street food” e ainda está a ser equacionada a hipótese de se colocar espaços cobertos em lona para acolher mais participantes.

Não faltará, durante o Mercado, a presença do Pai Natal, assim como de divertimentos para as crianças e a animação cultural e musical.

O Mercado de Natal deste ano irá ter outro horário, funcionando das 12h00 às 20h00 nos dias da semana e até às 22h00 ao fim-de-semana. Esta é uma alteração resultante da experiência da primeira edição, dado que o período da noite era pouco concorrido.